Assim como no blog Fortaleza Nobre, vou focar no resgate do passado do nosso Ceará.
Agora, não será só Fortaleza, mas todas as cidades do nosso estado serão visitadas! Embarque você também, vamos viajar rumo ao passado!

O nome Ceará significa, literalmente, canto da Jandaia. Segundo o escritor José de Alencar, Ceará é nome composto de cemo - cantar forte, clamar, e ara - pequena arara ou periquito (em língua indígena). Há também teorias de que o nome do estado derivaria de Siriará, referência aos caranguejos do litoral.

.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Caucaia - Antiga Soure



Caucaia foi um dos primeiro, núcleos de população do Ceará. Seu povoamento teve início 
quando chegaram ali os jesuítas Luís Figueiras e Francisco Pinto, encarregados, pela Carta Régia de 22 de outubro de 1735, de iniciar na região uma segunda tentativa de colonização. Homens afeitos à catequese, os padres da Companhia de Jesus conseguiram aldear os índios “caucaias”, transformando-os em amigos e auxiliares em sua missão.   


Por ocasião da luta entre o Marquês de Pombal e os jesuítas. o Governo português expediu, a 14 de setembro de 1758: ordem ao Ouvidor de Pernambuco. Bernardo Coelho Gama Casco, para seqüestrar os bens desses religiosos naquela Capitania e suas anexas, e para elevar à vila as aldeias indígenas que se encontravam sob a orientação dos jesuítas.  


O Municipio de Caucaia surgiu fruto de um aldeamento indigena. Lá habitavam nações indigenas das tribos: Potiguares, Tremenbés, Cariris e Anacés. Os indios potiguares ficavam localizados na região onde hoje está circunscrita o centro da cidade, onde era o coração da Aldeia. Os Tremembés ficavam mais para as cercanias do Município, os Cariris, voltados mais para o litoral, enquanto que os indios anacés, ficaram aldeados na atual região de Japuara, Camará, Mangabeira, atingindo parte da zona litorânea. Durante longos anos a Aldeia de Caucaia, ficou entregue a ordenações índigenas com explorádicas missões religiosas que se revezavam, trazendo a fé, e implantando a proposta portuguesa de dominação.

Caucaia é uma denominação de nomenclatura indígena que quer dizer mato queimado. Caucaia, como Aldeia ficou na dependencia da Vila de Fortaleza, e só depois com a determinação do Marques de Pombal, suprimindo todas as Aldeias administradas pelos Jesuítas, transformando-as em Vilas e Vigariatos. Com a determinação do Marques de Pombal, a Aldeia de Caucaia, foi transformada em Vila, juntamente com mais cinco aldeia existentes na Capitania do Ceará. A Aldeia de Caucaia recebeu o nome de Vila Nova Real de Soure por determinação da corte portuguesa, e no dia 15 de Outubro de 1759, foi realmente oficializada. A camara Municipal se reuniu pela primeira vez, posteriormente, a 17 de Outubro do mesmo ano. Recebeu esta denominação, de Vila de Soure, oriunda de uma freguesia do Bispado de Coimbra, Portugual, pois as regiões políticas administrativas conservava o sitema das antigas freguesias, que tinham autonomia religiosa e política.

Vila Nova de Soure, posteriormente Soure, após a independencia do Brasil, e finalmente Caucaia, sua ultima e definitiva denominação. Um municipio cearense que foi marcado profundamente pela influencia da vida e presença missionária dos Jesuítas, que em toda a sua extensão guarda as suas raízes deste processo evangelizador e colonizador da empreitada portuguesa. No ano de 1735, esses missionários, designados pela Carta Régia de 2 de outubro deste, pouco depois estavam em plena atividade catequética dos índios que habitavam a região, os Caucaias.

Praia de Iparana em Caucaia
Com o desenvolvimento do povoado, chegou a ordem para cumprimento da Provisão Régia de 14 de abril de 1755 a Alvarás de 06 e 07 de junho do mesmo ano, através dos quais o Governo Português então sob o comando de Marquês de Pombal, determinava o sequestro de fatos os bens dos Jesuítas. A mesma ordem também mandava que se elevassem a condição de Vila, os lugares e aldeias que fossem excluídos da administração daqueles religiosos, que seriam, pouco depois,expulsos do Brasil. Desse modo, o Capitão-Mor do Ceará, Francisco Xavier de Miranda Henrique, com o devido apoio daquela provisão Régia, fundou a Aldeia de Soure. A atual Caucaia de mar, serra e sertão. Já em 1759, a Vila de Soure passou a ser denominada de Vila Nova de Soure no dia 05 de fevereiro do ano supra mencionado, sob a invocação de Nossa Senhora dos Prazeres.
A festa solene de instalação, realizou-se no largo da Igreja Matriz, no dia 15 de novembro de 1759, sendo oficializada a denominaçao de Vila Nova de Soure. Após os 184 anos, houve a denominação de Soure para Caucaia, pelo Decreto-Lei 1.114, de 30 de dezembro de 1943.


A região ás margens do rio Ceará e aos aredores das serras metropolitanas, eram habitadas por diversas etnias Tupi e Tapuia, tais como os PotygauaraTapeba, Apuiaré,Jenipapo, ParnamirimAnacé, Cariti, Panatiquarema, e outros, antes da passagem dos jesuítas Luís Figueiras e Francisco Pinto no século XVII.
Depois da saída do Ceará dos holandeses, e a reconquista da região pelos portugueses, iniciou-se o processo de catequese e aldeiamento dos índios, resultando a ciação do Aldeiamento de Caucaia, na segunda década do século XVII.


A partir de 1759, depois da expulsão dos jesuítas, a Aldeia de Nossa Senhora dos Prazeres de Caucaia, passou a ser conhecida por Vila Nova de Soure. Neste mesmo período os índios Tremembé, deslocam-se para este aldeiamento, mas devido a fracasso de adptação estes retornam a Itarema.
Com a expanção da pecuária, as semarias e o povoado ao redor da igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, durante o cima referido século, a vila consolida-se como um centro urbano.

Matriz de Caucaia

Em 1917, com a criação da Estrada de Ferro Fortaleza-Itapipoca, ou ramal de Itapipoca da RVC, Caucaia firma-se como centro regional com quatro estações de trem (Caucaia, Boqueirão, Arara/Guararu, Cauípe e Catauna).
Com a criação da RMF, Caucaia expandiu-se como centro habitacional e industrial.

O topônimo "Caucaia" vem do tupi, podendo significar:
  • caa (mato) e caia (queimado): "mato queimado";
  • cau (vinho de caju) e caia (queimado).
Sua denominação original era "Caucaia", depois "Aldeia dos Caucaias", "Vila dos Caucaias", "Aldeia de Nossa Senhora dos Prazeres de Caucaia", "Vila Nova de Soure", "Vila do Soure", "Soure" e, desde 1943, "Caucaia".

O município é dividido em distritos: Caucaia(sede), Bom Princípio, Catuana, Guararu, Jurema, Mirambé, Sítios Novos e Tucunduba.

Estação de Caucaia

A estação de Soure em 1922. Revista Ilustração Brasileira, 1922

A estação de Soure foi inaugurada em 1917 na então Estrada de Ferro Fortaleza-Itapipoca, ou ramal de Itapipoca da RVC. Nos anos 1940 teve o nome alterado para Caucaia. É hoje uma estação de trens metropolitanos, sendo a estação terminal. Dali para a frente somente trafegam cargueiros da CFN - se é que estão trafegando. Hoje, na linha de trens metropolitanos, existem entre Caucaia e a estação original de Antonio Bezerra, hoje também uma estação metropolitana, mais sete estações que foram construídas apenas na época dos subúrbios: Conjunto São Miguel, Parque Albano, Conjunto Ceará, Jurema, Araturi, Nova Metrópole e Parque Soledade.

Estação de Caucaia, em 2001. Foto Dirceu Baldo

Trem metropolitano chegando na estação de Caucaia, em 2001. Foto Dirceu Baldo

TRENS - Os trens de passageiros e depois os metropolitanos param nesta estação desde 1917 até hoje. Na foto, trem da Metrofor em Caucaia em 2001.





Crédito: Wikipédia, http://www.estacoesferroviarias.com.br, pesquisas de internet

Um comentário:

  1. Velha Caucaia, comi muito priquito nessa estação aí...

    ResponderExcluir