Assim como no blog Fortaleza Nobre, vou focar no resgate do passado do nosso Ceará.
Agora, não será só Fortaleza, mas todas as cidades do nosso estado serão visitadas! Embarque você também, vamos viajar rumo ao passado!

O nome Ceará significa, literalmente, canto da Jandaia. Segundo o escritor José de Alencar, Ceará é nome composto de cemo - cantar forte, clamar, e ara - pequena arara ou periquito (em língua indígena). Há também teorias de que o nome do estado derivaria de Siriará, referência aos caranguejos do litoral.

.

domingo, 26 de junho de 2011

Estação de Quixadá



Foto de 2005

HISTÓRICO DA LINHA: A linha-tronco, ou linha Sul, da Rede de Viação Cearense surgiu com a linha da Estrada de Ferro de Baturité, aberta em seu primeiro trecho em 1872 a partir de Fortaleza e prolongada nos anos seguintes. Quando a ferrovia estava na atual Acopiara, em 1909, a linha foi juntada com a E. F. de Sobral para se criar a Rede de Viação Cearense, imediatamente arrendada à South American Railway. Em 1915, a RVC passa à administração federal. A linha chega ao seu ponto máximo em 1926, atingindo a cidade do Crato, no sul do Ceará. Em 1957 passa a ser uma das subsidiárias formadoras da RFFSA e em 1975 é absorvida operacionalmente por esta. Em 1996 é arrendada juntamente com a malha ferroviária do Nordeste à Cia. Ferroviária do Nordeste (RFN). Trens de passageiros percorreram a linha Sul supostamente até os anos 1980.

O Presidente Getúlio Vargas e sua comitiva desembarcam na estação de Quixadá, em 1933 (Revista Noite Illustrada, 4/10/1933).

A estação de Quixadá foi inaugurada em 1891. Em 2006 ainda era uma das estações operacionais da CFN, atual concessionária do trecho. 

Parte do prédio da estação de Quixadá aparece na fotografia do pátio, provavelmente anos 1910. A fotografia foi tomada no sentido de Juatama, ao lado da serra do Juá (Cartão postal). 

Hoje em dia é difícil para os trens cargueiros da CFN cruzarem a área urbana da cidade. A foto desta passagem de nível próxima à estação mostra bem a educação (ou falta de) do povo da cidade. A locomotiva está a 100m da estação, vindo de Tapirussu (Autor desconhecido, foto de 2010).

A estação em 11/2009. Foto Roosevelt Reis

Estação (à esquerda) e armazém de Quixadá em 11/2009. Foto Roosevelt Reis

A estação em 2010. Foto Marcelo Queiroz




Fontes: Carlos Alberto Martins da Matta; Marcelo Queiroz; Roosevelt Reis; Noite Illustrada, 1933; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht

2 comentários:

  1. Leila Cherie ! Como eu já falei, acho que voce trabalha com uma varinha de condão, voce deve ser uma fada de verdade ...é tudo magia em suas páginas NOBRE'S !
    Só não sei como você consegue fazer dois blogs maravilhosos e riquíssimos ao mesmo tempo, e com tantas tarefas do dia a dia em paralelo.
    Tiro "meu chapeu" para VC ! você é mesmo uma pessoa incrível, e esta nova página sobre o Ceará Nobre vai ser tudo de bom. PARABENS, BRAVO, você é uma verdadeira historiadora Cearense !
    Beijos duraveis e não reciclaveis de sua amiga e adimiradora
    Joanna (Jeannette) Dell'Eva
    Fortaleza 4-7-2011

    ResponderExcluir
  2. Obrigada amada! :)

    Tbm lhe admiro muito, vc é sensacional!!!

    Beijossssssssssss

    ResponderExcluir